segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Meus sentimentos depois de dois anos que perdi um bêbe





Nem sei como começar...mas como sempre tem que ser pelo começo então só posso dizer que sinto muito...sinto muito por essa perda,por não ter tido a oportunidade de ver meu filho e por tudo que aconteceu...mas também tenho muito a  agradecer recebi outro filho e embora não se compare e nem substitua eu fui privilegiada mesmo sem merecer e tenho  como ver nesse bêbe de um ano e três meses como estaria meu outro filho,pode parecer estranho mas muitas vezes um carinho que recebo dele é como meu anjinho demostrando todo amor,ainda sinto falta do que não pude viver,mas sou feliz pelo que vivo,o que foi não volta mais...
depois daquele dia triste e cinzento quem se aproximou continua até hoje perto de mim e quem se afastou nunca mais voltou,não entenderam até hoje o que é perder um filho e ainda bem,que nunca entendam isso eu espero de coração,consegui entender que as pessoas só ficam conosco até o momento certo,até onde realmente precisam estar e vice versa,se se foram é porque já cumpriram seus papeis em nossas vidas e eu não falo da morte,claro que sinto falta de algumas pessoas até tentei me reaproximar,mas não tive sucesso,então melhor deixar pra lá e continuar andando pra frente com ou sem essas pessoas,com isso tive um pouco de dificuldades de me relacionar novamente,entrei em cursos e não consegui mais ser espontânea,me fechei,tanta coisa presa dentro de mim e eu morrendo entalada sem conseguir me expressar,agora estudo em casa e se eu pudesse não sairia mais de dentro dela,ainda carrego a dor nos olhos,distante mas ela continua lá,ainda ouço pessoas comentando sobre o ocorrido de uma maneira mais branda como se eu não sentisse dor,mas nunca ninguém teve coragem de vir conversar comigo abertamente,foi como uma doença,algo que causa vergonha  isso na cabeça dos outros porque na minha não tenho problemas nenhum em falar no assunto,ao contrario,pois eu gerei um anjo e isso jamis conseguirei esquecer,não tenho tanta necessidade de falar  mais sobre isso,quer dizer falo com Deus e pergunto sempre como está meu bêbe e que eu sinto saudades,as vezes choro,choro no banho,ou antes de dormir,sempre escondida,ninguém entenderia o motivo, mas eu preciso desabafar...ainda acordo nas madrugadas,claro que não como antes mas ainda acordo achando que foi só um pesadelo e ai chego até a sala e pego uma pasta aonde guardo a ecografia e o laudo da curetagem e abraço e beijo como fosse meu bêbe...são tudo que tenho dele,depois volto a dormir e acordo bem,sabe ainda sinto aquela sensação de vazio,me sinto incompleta e muitas vezes tive vôntade de ter outro bêbe,mas eu poderia ter mil o vazio continuaria porque como já falei filho  nenhum substitui o outro ,então sigo vivendo,amando meus meninos e imaginando como seria meu bêbe que já estaria com 2 anos,não sou triste nem depressiva,ao contrario,mas tenho as lembranças de tudo e isso ainda me entristece e eu sei que sempre vou levar a dor da perda,mas também a certeza que ele está bem nos braços do pai,então só me resta descansar e chega de querer entender os motivos,só posso confiar e descansar.
estou bem meus filhos estão saudáveis e eu vivo para o bem deles.

3 comentários:

Kathia Porto disse...

Nossa flor me emocionei...
É amiga as vezes penso por esta gravida novamente esse vazio preencherá totalmente mais não!!! sempre existira um espaço mesmo que se esforçamos nada preenchera.
Ficamos marcada por resto da vida por uma dor e uma saudade sem fim.
Fique em paz minha linda .bjs

nanda disse...

oi Kathia...infelizmente essa dor iremos carregar sempre,claro que ela vai se abrandando mas continua sim, e não é sinal de fraqueza mas de um amor infinito de mãe...que alegria saber que está vindo um bbzinho ai e já está perto de chegar né!? bjs e que Deus abençoe vc e sua família e que seu bb venha cheio de saúde e claro que já te tráz muita alegria e trara muito mais.bjs.

Adriana disse...

Oi Nanda!
Te compreendo perfeitamente!
Eu, porém, não tenho mais nada de exames q lembre meu anjinho. Me desfiz de todos eles porque me doía demais. Guardei apenas os poucos presentinhos q a Maysa acabou usando. É lógico q não esqueci meu anjo, ainda me pego pensando como ele seria e talz... mas aí agradeço a Deus pela minha princesa que me faz tão feliz e realizada!

Beijos e fiquem com Deus.