domingo, 13 de junho de 2010

meu anjinho



Bom como até uma folha que cai foi porque Deus permitiu não seria diferente com a morte do meu bêbe.
pedi muitas vezes uma explicação por tudo que estava acontecendo em minha vida,muitas vezes me culpei,já que não existia ninguém pra eu colocar a culpa ,mas entendi que não existe culpados,porém eu precisava passar por isso para aprender algo,e o que seria esse algo???certeza eu não tenho,mas algo me venho como um sonho em minha mente e entendendo me fez melhor.
É verdade que depois do que estou passando me tornei um ser humano melhor,não consigo explicar com palavras mas algo mudou dentro de mim.
Pois bem já falei que tenho um filho de 7 anos,minha maior alegria!meu filho nasceu com 40 semanas e 3 dias,sentia mal ia para o hospital e nunca era hora,até que eu não aguntei de dor fui pro hospital e la me enternaram,pois os batimentos cardiacos dele estava fraco,fiquei internada por 18 horas,tudo que se possa imaginar para forçar o parto normal foi feito,até que ele não estava mais resistindo,os batimentos chegaram a 30btp(sendo que o normal pra bbs é 170)só assim fizeram minha cesariana as pressas,meu parto foi bem corrido,depois eu quase morri de tanta dor,porém meu filho nasceu perfeito,com 3.955gramas e 52 cm,(gigante)sofri muito com o atendimento antes durante e apos o nascimento,o que me deixou marcas profundas,cada palavra que eu ouvi ali me torturaram até ontem.
quando me vi grávida de novo eu me senti segura por ter um plano de saúde,e achando que isso era o principal,tratei de procurar os melhores hospitais , clinicas e médicos para a segurança da minha grávidez,jamais ia passar pelo sofrimento do primeiro parto,pois ia fazer tudo no particular,confiei a minha vida e a do meu bêbe apenas nos médicos,tinha 3 médicos de pré natal fora os médicos que me via todos os dias no pronto socorro(pois tive fortes enjôos e ia tomar soro frequentemente)acreditei que nada podia dar errado,não foi uma gravidez planejada porém ja tinhamos tudo esquematizado para prevenir futuras surpresas.eu ia ao médico constantemente,porém fui vendo que nenhum fazia nada para contolar meu enjôo,apenas passavam os medicamentos para tal(não tem nada a fazer em questão de enjôos a não ser ficar internada como eu ja ficava para tomar soro e vitaminas na veia)mas eu achava que o fato de não ser hospital pulblico eu teria uma solução,pois me enganei,enjoei mais forte do que a primeira grávidez que fiz pré natal no posto de saúde,sem solução apenas esperando passar,eu sentia um medo incrivel de tudo,principalmente do parto,algo me dizia que ia acontece uma coisa muito ruim,tentava tirar da cabeça achando que era pelo sofrimento...eu pensava dessa vez tudo será diferente nem dor eu vou sentir,me vi na ilusão que médico particular ia salvar meu bêbe,não pedi nada a DEUS,minha salvação era um simples plano de saúde.
depois de tudo isso o que entendi foi que eu jamais tinha visto as coisas boa que Deus tinha feito na minha vida no dia que meu filho nasceu,não foi médico nenhum que o salvou e sim ele,eu so olhava para o meu sofrimento,eu nem sabia que ali meu bêbe podia ter morrido,só agora conhecendo o blog perdi meu bb e vendo tantos depoimentos de tantas mães que perderam seus filhos na hora do nascimento que vi como DEUS foi misericordioso me dando um presente,( agradeci sim pela vd do meu pequeno,por ser ele tão perfeito)mas a dor sempre foi maior,e hj vejo q ue a dor poderia ser bem maior a ponto de eu não suportar,sofri mas tenho meu filho ao meu lado comigo,tenho certez que muitas assim tbém queria ter seus filhos,hoje eu entendi que não devemos confiar nos médicos e ficar na ilusão que o médico é o melhor da cidade,pois só quem salva é DEUS,eu passei 4 mêses da minha gravidez(foi o que durou)sofrendo por relembrar tudo aquilo,acreditei em DEUS achando que dessa vez ele ia me mandar o melhor médico,pedi a varias pessoas para orarem por mim e meu bb,porém jamais parei para me ajoelhar e pedir eu mesma a ele.Pois acredito que ele quis me ensinar,me fazendo sofrer o tanto que eu suportaria,me tirou aquele pequeno ser e me fez aprender na dor que tudo depende dele e não importa se o parto seria num hospital luxuoso ou em casa,o importante é que ele estaria ali com a minha permissão para me dar o presente desse o qual ´disse ja te me dado,porém nada impede que eu possa ter outro basta confiar e esquecer o passado,olhar pra frente e não temer!
minha benção virá só que agora eu não colocarei a vida dele em mão de médico algum,e sim nas mãos de DEUS que é quem me dará o presente .

Um comentário:

Perdi meu bebe disse...

Oi Nanda realmente só podemos confiar em Deus, pois Ele é o único que pode dar o sopro da vida, homem nenhum neste mundo pode fazer isto se não for à vontade de Deus. Mesmo que você tenha muitos recursos para fazer uma inseminação artificial, que você tenha os melhores médicos, o melhor convênio, tudo depende de Deus.
Temos que agradecer sim e muito a Deus, principalmente porque já somos mães e assim como no vídeo que postei no Blog Perdi meu bebe, não podemos esquecer que Deus sempre esteve ao nosso lado em nossas horas de alegria, e nas horas mais tristes da nossa vida Ele nos carregou em seus braços.
Cecylia