quarta-feira, 18 de abril de 2012

meu passado que não sai do meu presente

Esses dias estou assim sei lá,talvez eu fuja um pouco do contexto do blog mas é que estou com muita coisa entalada....
Todos sabem que em 2010 eu perdi meu bêbe,sobre esse assunto eu já falei muito até pra quem não quis ouvir,também já mencionei que muitas pessoas se afastaram de mim e descobrindo da gestação e do nascimento do Cauan começaram a me procurar,mas sabe daquela frase que diz assim: '' cuidado com a sua ausência pois as pessoas poderão se acostumar'',é tipo assim!pois bem eu precisei muito delas naquela época,agora ainda sinto falta as vezes mas logo passa,acostumei com a ausência.
Estou chateada comigo,estou passando por momentos turbulentos mas que não consigo definir o que seja,é uma confusão dentro  de mim,todos os dias quando vou dormir não sei mais quem serei ao acordar,se eu vou continuar com esse vazio e me achando fraca...isso tudo porque minha turma de enfermagem se formou,colou grau teve o baile,aula da saudade e eu lembro dos planos que estávamos fazendo,de como era bom embora as vezes eu não encontrasse meu lugar e me achasse meio perdida,mas era bom,vi umas fotos do tempo que eu ainda estava lá e agora nas fotos que eu não estou mais....nossa como doeu,eu queria muito poder voltar atrás e não ter desistido,queria não ter sido fraca e deixado de viver assim,as pessoas falavam mas eu só conseguia chorar,não tinha força pra nada,hoje me arrependo muito,talvez tivesse encontrado essa força no meu retorno,mas não foi assim,e agora eu sofro porque voltei para uma faculdade diferente,pessoas diferentes,turma diferente e longe de ser aquela turma na verdade a turma dos sonhos de todos,eramos muito unidos,agora estou só em uma sala,onde todos são por si.ai ai e com isso aquela velha turma me faz falta que eu sinto até o cheiro daquele lugar,ouço os sorrisos e os choros daquelas provas difíceis que nos fazia chorar de emoção ao passar ou chorar de tristeza em reprovar,foi tudo tão bonito e eu deixei assim passar,como se o tempo pudesse parar junto com o meu sofrimento e tudo ficasse do jeito que deixei esperando eu retornar..infelizmente tudo se seguiu e eu fiquei pra trás..tanta coisa perdida e eu me encontro assim,as vezes com vôntade de desistir de tanto que me sinto só,mas ai olho pro agora e penso não vou deixar acontecer novamente,mas todos os dias são tão difíceis,acordar e lembrar vê fotos no face daquelas pessoas que eu convivi por dois anos tão intensamente e que hoje não temos mais nada em comum,apenas me vêem como aquela pessoa que desistiu do seu sonho por uma coisa assim meio sem sentido,um bêbe que morreu dentro da minha barriga e que  ainda nem estava ''formado direito'',como eu pude fazer isso comigo mesma,se todos sofre perdas e continuam lá?eles não sabem e espero que nunca entendam o que é perder um filho embora ele ainda estivesse na minha barriga...eles me julgam e eu me condeno se é que vocês me entendem...estou muito perdida,sem ninguém pra conversar,sem ter vontade eu acho ou não querendo mesmo relembrar porém eu jamais vou esquecer...quase dois anos que minha vida perdeu o foco,eu me perdi e agora é tudo tão confuso,tão vazio tão complicado,as vezes me sinto querendo correr de mim mesma,ai complicado,estou muito triste!

3 comentários:

Gleysa Lopes disse...

Hei, que isso amiga? Bora levantar a cabeça!!! é normal ficar triste, é normal se arrepender!! mas saiba q cada pessoa reage diferente e sua reaçao foi esta, nao se culpe tanto, vc perdeu filho e isso naquele momento era o q importava mais!!! vc diz q perdeu 2 anos, eu acho q não, nesses dois anos q se passou vc aprendeu e esta aprendendo a superar as coisas, o importante e nao desistir e se deixar fazer novas amizades!! Pq amigos de vdd não se vão!! se precisar conversar e so me chamar no face...bjs e um forte abraço de ueso pra vc!!!!!!!!!

Giii e Eder disse...

Oi .. havia acompanhado parte de sua história no site perdi meu bebe .. Passei por uma perda, aos 9 meses ( 37 semanas ) entendo sua dor .. to fazendo um blog pra contar minha história e do meu marido.. entendo as crises de alguns dias.. Mas ó : Não nos conhecemos, mas torço por vc e sua família, seu filhinho Cauan é uma benção infinita em sua vida .. Força ! Tenho uma filhota que vai completar 11 anos, e perdi meu Enzo em jan/2012, peço a deus que nos abençoe. Se quiser conversar , acesse o meu blog ..http://gislaineder.blogspot.com.br/
Bjoo Boa sorte viu !

Vivian disse...

Querida,eu acredito numa coisa q não sei se vai servir p vc..

Tudo na vida está exatamente onde tem q estar e acontece exatamente na hora que tem q acontecer..

Vc precisava de um tempo,vc precisava VIVER aquela dor..E o jeito q encontrou p isso foi se afastar..não se culpe,não lamente..tudo está no tempo certo..e tudo vai se ajeitar no tempo certo p isso..Eu não saberia enfrentar o q vc enfrentou de outra maneira a não ser me afastando..
Se estamos certas ou não?quem vai saber o q é certo ou errado?Não cabe a ninguém julgar..cada um sabe de si e enfrenta as coisas à sua maneira,não adianta forçar de outro jeito..
Boa levantar a cabeça e continuar..confia na Providência Divina q tudo vai ficar bem..
Um beijo no coração,torço por vc!
Vivian