terça-feira, 12 de julho de 2011

Mais filhos sim ou não!!!





hoje estive pensando no assunto,será que vou querer ter mais filhos?
isso tudo porque já nos decidimos que não teremos mais...não que eu não queira,mas pelas circunstancias,todos falam que nenhuma gravidez é igual a outra e realmente não é,mas meu organismo não aceita e sofro muito com enjoos fortíssimos(hiperimesia gravidica) todas as três gestações foram complicadas,tenho sempre que abandonar tudo e necessito da ajuda de todos,entre internações e medicamentos que precisei tomar sempre vinha aquela duvida,será que não vai prejudicar o bebe,na primeira gestação o medico receitou uma medicação que eu deveria tomar na veia e que causava surdez no feto,imagina se o enfermeiro não fosse competente o bastante pra falar que aquela medicação era inadequada eu voltar ao medico e ele ver o erro que estava fazendo!difícil confiar né...nessa gestação ainda bem que meu filho já esta grande e se vira sozinho,mesmo assim imagina como foi difícil,tomei medicação pra enjoo até o 5º mês e acreditam que ainda enjoo! mais fraco porém preciso esta me alimentando de 3 em 3 horas senão a coisa fica feia...passei mais tempo indo a hospitais e tomando medicação do que em casa,o medico graças a Deus super paciente receitando tudo na dosagem certa,tive varias infecções urinarias e bem complicada de matar,depois uma anemia que ainda me sinto fraca...quando vou ao medico sempre falo sinto tudo que uma gravida sente mas me sinto bem ,fora o enjoo,excesso de salivação,falta de ar,dores pelo corpo,cólicas,xixi o dia e noite toda,fome muita fome e sono além de uma irritação...e vocês acham que ele diz que é normal? nunca! cada coisa sentida e relatada foi cuidadosamente verificada com exames e medicada quando necessário.
desde o inicio decidimos que seria nosso ultimo filho,acho lindo uma família grande mas preciso ser responsável, o medico já falou que se eu engravidar 10 vezes todas elas vou sentir enjoos fortes,se fosse só eu a prejudicada tudo bem,mas envolve muitas pessoas,marido,filho,mãe,sogra,vizinhos porque meu marido saia pra trabalhar e a vizinha preparava o almoço e trazia pra mim,depois a outra trazia o lanche,outra um suco e assim ia,até eu começar a conseguir ficar de pé pra fazer comida e agradecer a todos,tudo dependia dos outro,se meu filho tinha consulta a sogra levava,se eu tinha consulta meu marido tinha que largar tudo e me levar e se eu internasse todos entravam em ação,pra ficar comigo,cuidar do Riann etc,foram momentos difíceis que eu chorava agradecendo pelas pessoas que me ajudavam,sabendo que tem pessoas que sofrem bem mais que eu mas achava que não ia aguentar,por muitas vezes eu cansada de tanto passar mal em casa ia pro hospital e implorava pra me internarem,totalmente desidratada que até os médicos ficavam surpressos como eu ainda conseguia ficar de pé...então é claro que todos estão de olho pra saber se vou fazer a laquiadura,e vou mas as vezes me da um medo,mas se eu não fizer meu marido já disse que faz,afinal filhos é uma bênção de Deus mas dois esta bom,esse mundo esta tudo tão difícil,além disso não quero correr riscos,já estou sofrendo demais com medo de tudo imagina passar por tudo isso novamente...por amor aos filhos a gente até passa,mas me sentiria inrresponsavel fazer com que todos sofram novamente,meu filho não sai mais do meu pé desde o inicio da gravidez,e quando estou muito ruim vejo nos olhinhos dele a preocupaçao,esses dias que eu fiquei muito fraca ele ia na cama me dava um beijo e perguntava se estava tudo bem até me dizer com lágrimas nos olhos que estava com medo do nenem morrer assim como o outro,eu dizia que estava bem e chamava ele quando o nenem estava mexendo,mas ele se preocupa muito e não vê a hora de tudo isso acabar e que acabe bem!ele ja até falou ô mãe não arruma outro nenem não é muito ruim te ver assim,como negar algo a um filho né ainda mais sendo nessas circunstancias

4 comentários:

Juli disse...

querida, vi seu depoimento no blog "perdi meu bebê" e agora estou te seguindo, Nesse mês de junho perdi minha bb e entendo o seu medo. Depois passe no meu blog e me faça uma visitinha, vou ficar mt feliz. Gostaria de saber como perdeu o seu, se tiver o relato no seu blog, depois me passa o link...Sei que é mt dificil deixar o medo, mas saiba que o todos podem dizer muitas coisas, mas a palavra de Deus é a final e a definitiva. Ele vai realizar o desejo do seu coração, descanse nEle e creia que tudo correrá bem! Deus abençoe vcs! bjao

Juli disse...

não consegui te add...depois vou tentar dinovo...bj

Camila disse...

Oi Nanda.
Tenho só um bebê, mas por diversas vezes pensei, quantos filhos ter?
Será que existe um número ideal???
Amiga, Deus vai te abençoar e tudo dará certo. E tenho certeza que pós part vocês tomaram a decisão certa, juntos.
Querida, adoro fazer novas amizades, dividir conflitos, dúvidas, novidades, idéias... seja muito bem vinda ao nosso cantinho http://camilamamae2009.blogspot.com
Estou te seguindo também.
Grande beijo

Débora disse...

Olá querida Nanda, que difícil essa decisão né?
Me sinto assim como você. Minhas gestações foram sempre muito complicadas também, muito enjoo, muita fraqueza e tudo mais que você pensar. Sempre sonhamos com 3 filhos, então já tínhamos combinado que o Júnior seria o ultimo, mas agora não temos mais certeza do que queremos, por isso resolvemos dar um tempo pra assimilar bem a ideia. Sabe Nanda, ainda me sinto tão confusa sobre tudo, e sei o quanto vai ser difícil tentar de novo. Bom, vou entregar nas mãos de Deus e sei que ele fará o melhor para todos nós.
Nanda, eu tenho uma amiga que leu seu post sobre algo sobre natural e ela quer muito conversar com você, mas não conseguiu aqui no blog, ela me perguntou se eu tinha seu email, mas como não tenho, vou te passar o email dela, é muito importante pra ela conversar com você, o nome dela é Alice, o email dela é alice.janaina@hotmail.com , se preferir me passar seu email eu passo pra ela.
Um grande beijo pra você!